Nova frequência da Avianca para João Pessoa

 Avianca para João PessoaA Avianca Linhas Aéreas proporcionou um novo voo para o Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa. A confirmação da operação foi realizada na segunda-feira (7) pelo superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Alexandre Oliveira.

O início das operações acontecerá no dia 16 de dezembro, com chegada do Rio de Janeiro a João Pessoa às 23h55. O retorno à capital carioca acontece às 5h. A Avianca opera um voo direto para Brasília, com chegada a João Pessoa às 14h50 e retorno às 15h30. Oliveira revelou certa resistência da Infraero com relação ao horário de operação dos voos, já que o orgão tem trabalhado juntamente com as companhias de linhas aéreas para ocupar o aeroporto no horário intermediário entre a manhã e tarde, já que o Aeroporto conta atualmente com um período de 15 horas sem voos. O executivo da Infraero comentou: “Estamos negociando a ocupação desses horários, mas é uma operação não muito fácil, pois depende da disponibilidade de outros aeroportos”. Para além da Avianca, outra companhia de linhas aéreas iniciará a operação de voos extras durante o período de alta estação, a TAM contará com um voo que chegará do Rio de Janeiro às 18h, com retorno às 19h28. A Azul Linhas Aéreas também pediu autorização para operar voos extras, mas ainda não foi liberada pela Infraero.

A Avianca Brasil é uma companhia de linhas aéreas comerciais brasileira, com sede na cidade de São Paulo e pertecente ao Synergy Group, também controlador das empresas aéreas AviancaTaca, AeroVip e Aerogal. O grupo é comandado pelo empresário Germán Efromovich. Em 2004 foi comprada pela empresa colombiana Avianca, a mais antiga companhia de linhas aéreas das américas e segunda mais antiga do mundo, junto a Julio Mario Santo Domingo e seu grupo empresarial Bavaria, de onde surgiu a Synergy Aerospace, que posteriormente compraria a VIPSA do Equador, Aerogal do Equador, SAM da Colombia e se fundiria com a TACA em 2010. Em seguida iniciou um agressivo plano de expansão, dando início às rotas internacionais, operadas com dois modelos Boeing 767-300ER adquiridos da United Airlines e um Boeing 757-200 adquirido na França, este posteriormente equipado com winglets. Em 26 abril de 2010 o nome foi definitivamente trocado para Avianca Brasil, com a imediata padronização de cores.

 Avianca para João Pessoa

Avianca Linhas Aéreas terá novo voo para João Pessoa

Avianca Linhas AéreasA companhia de linhas aéreas Avianca passará a operar dois voos no Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa. Na última segunda-feira, dia 7 de Outubro, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) confirmou a operação do novo voo, que se iniciará a partir do dia 16 de Dezembro. O voo tem partida no Rio de Janeiro, com chegada às 23h55, no sentido contrário, o voo aterrisa às 5h do dia seguinte. A Avianca opera um voo direto para Brasília, com chegada a João Pessoa às 14h50 e retorno às 15h30.

O superintendente da Infraero, Alexandre Oliveira, disse que o horário não é desejado pelo orgão, que busca junto às companhias de linhas aéreas, ocupar o aeroporto no horário intermediário entre a manhã e tarde. O Aeroporto Castro Pinto tem atualmente cerca de 15 horas de ociosidade sem voos. Oliveira comentou: “Estamos negociando a ocupação desses horários, mas é uma operação não muito fácil, pois depende da disponibilidade de outros aeroportos”, concluiu.

Avianca Linhas AéreasA TAM será outra companhia de linhas aéreas que iniciará a operação de novos voos extras durante a alta temporada a partir do dia 27 de Dezembro. O novo voo chegará do Rio de Janeiro às 18h, com retorno às 19h28. A Azul Linhas Aéreas também pediu autorização para operar voos extras, mas ainda não recebeu a liberação.

A Avianca Brasil é uma companhia de linhas aéreas comerciais brasileira, com sede na cidade de São Paulo e pertecente ao Synergy Group, também controlador das empresas aéreas AviancaTaca, AeroVip e Aerogal. O grupo é comandado pelo empresário Germán Efromovich. A Avianca Brasil iniciou suas atividades como empresa de táxi-aéreo, denominada OceanAir. Em 2002 recebeu autorização do DAC (atual ANAC) para operar linhas em colaboração com a Rio Sul, do antigo grupo VARIG, de quem herdou rotas e aeronaves. Passou a operar voos para cidades rejeitadas pela antiga parceira, operando apenas voos regionais, porém ampliou rapidamente sua malha. Em 2004 foi comprada pela empresa colombiana Avianca, a mais antiga companhia de linhas aéreas das américas e segunda mais antiga do mundo, junto a Julio Mario Santo Domingo e seu grupo empresarial Bavaria, de onde surgiu a Synergy Aerospace, que posteriormente compraria a VIPSA do Equador, Aerogal do Equador, SAM da Colombia e se fundiria com a TACA em 2010. Em seguida iniciou um agressivo plano de expansão, dando início às rotas internacionais. Em 26 abril de 2010 o nome foi definitivamente trocado para Avianca Brasil, com a imediata padronização de cores.

Avianca busca atender necessidades da rota São Paulo Bogotá

A Avianca Brasil é uma companhia de linhas aéreas comerciais brasileira, com sede na cidade de São Paulo. O grupo é comandado pelo empresário Germán Efromovich. A Avianca Brasil iniciou suas atividades como empresa de táxi-aéreo, denominada OceanAir. A companhia de linhas aéreas atendia executivos e operários da indústria petrolífera de Macaé e Campos dos Goytacazes. O confuso ano de 2008 marcou a companhia de linhas aéreas, com um code-share e aquisição das operações da BRA, o que variou ainda mais a diversificada frota da empresa, que ia dos pequenos Brasília até Boeing-767.

Avianca Brasil

Em 26 abril de 2010 o nome foi definitivamente trocado para Avianca Brasil, com a imediata padronização de cores. Procurando atender às necessidades de conexão dos voos para e desde o Brasil, e em resposta à alta demanda por parte dos passageiros de negócios e de turismo, Avianca está aumentando a capacidade de seus voos na rota São Paulo-Bogotá-São Paulo, a partir do próximo 2 de maio.

A partir dessa data, as linhas aéreas servirão dez dos seus voos semanais em aeronaves Airbus A330 com capacidade para 252 passageiros, 30 em classe executiva e 222 em classe turista. Entre 2011 e 2012 o número de passageiros nos voos rota São Paulo-Bogotá-São Paulo passou de 154 529 passageiros para 222 202 passageiros, o que equivale a um aumento de 44% no número de pessoas mobilizadas.

O Presidente de Avianca, Fabio Villegas, comentou que “… somos conscientes da importância que tem a dinâmica econômica e social do Brasil sobre os países da região. Nesse contexto, desde Avianca estamos trabalhando na otimização da conexão dessa nação com o resto da América Latina, assim como na melhora integral do serviço. O aumento da capacidade e da oferta na rota Colômbia-Brasil-Colômbia é um importante passo nesse sentido”. Atualmente, a Avianca oferece 14 voos semanais de São Paulo a Bogotá, sete frequências de Rio de Janeiro a Bogotá com e 4 voos semanais de Brasília a Bogotá, para um total de 25 voos semanais entre Brasil e Colombia.

Avianca Brasil