19 hotéis brasileiros são certificados

Foi realizado na semana passada uma cerimônia no hotel Brasília Palace organizada pelo Ministério do Turismo para a entrega dos certificados aos primeiros meios de hospedagens pelo SB Class – Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem. Agora 19 meios de hospedagens, entre hotéis, resorts e pousadas poderão utilizar-se da marca “estrela”, agora exclusiva do Governo Federal.

Brasília Palace

O SB Class classifica sete tipos de meios de hospedagem: hotel, flat, resort, hotel fazenda, hotel histórico, pousada e cama&café. A identificação das estrelas é feita conforme a qualidade do serviço, infraestrutura e equipamentos dos meios de hospedagem. A nova classificação, criada em parceria entre o governo federal e o Inmetro, segue critérios internacionais de qualificação dos hotéis dentro do país.

Dentre os hotéis que receberão essa classificação destacam-se o Brasília Palace Hotel que obteve a classificação 4 estrelas (categoria histórico), com projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer, em São Paulo, os hotéis cinco estrelas Grand Hyatt, o Maksoud Plaza e Transamérica, juntamento com o hotel de Goiânia Castro Park Hotel, o Resort Vila Galé Marés, em Camaçari (BA) e o Naoum Plaza, em Brasília (DF), todos estes também com cinco estrelas.

O SB foi elaborado de forma participativa, por meio de uma ampla parceria entre o Ministério do Turismo, o Inmetro, a Sociedade Brasileira de Metrologia – SBM e a sociedade civil, e adotado como estratégica para o país, aumentando a competitividade do setor. Os hotéis que interessarem-se em solicitar a classificação, devem estar com o cadastro válido e em dia dentro do sistema Cadastrur.

Brasília Palace

Turismo em alta, tarifas dos hotéis também

O aumento do setor turístico no Mundo também trás algumas desvantagens para o bolso dos viajantes. O preço do quarto nos hotéis brasileiros aumentou 11% no primeiro semestre de 2011, em comparação com o mesmo período de 2010, deixando o País entre os que tiveram maior aumento nas diárias. Mesmo os hotéis baratos tiveram um aumento nas tarifas.

O maior aumento foi registrado na Croácia, com um acréscimo de 37% nas tarifas. O preço da hospedagem no país, no primeiro semestre de 2011, ficou em R$ 388, enquanto no mesmo período do ano passado o valor era de R$ 284. Vale ressaltar que a Croácia é vista hoje como a nova Ibiza, atraindo inúmeros turistas que procuram festivais, festas, praia e muita música.

Entre as maiores quedas, o destaque ficou com a África do Sul, no qual a baixa foi de 61% no preço do quarto de hotel, que passou de R$ 412 para R$ 161. A queda foi motivada pelo reajuste de tarifas dos hotéis no país antes e depois da Copa do Mundo.

Outra redução significativa aconteceu no Japão, onde os preços caíram 27%, passando de R$ 307 para R$ 225. A queda se deve aos desastres naturais, como o terremoto seguido de tsunami que atingiu o país.

Os acontecimentos nos países influenciam diretamente na variação das tarifas das hospedagens. O Brasil está em alta, além das belezas naturais que já atraiam milhares de turistas do mundo inteiro, em breve será palco da Copa do Mundo e das Olimpíadas de 2016. O jeito é reservar o seu hotel com antecedência e garantir tarifas mais baratas.