Aeroporto Internacional Salgado Filho passará por leilão em 2015

Aeroporto Internacional Salgado Filho Passado o processo eleitoral e com a definição do novo governador o ministro da aviação civil, Moreira Franco anunciou medidas para o Aeroporto Internacional Salgado Filho (Porto Alegre).

O terminal gaúcho deve fazer parte da terceira fase de privatização dos aeroportos nacionais. O processo de concessões teve início durante o ano de 2012 e vem apresentando bons resultados. Os aeroportos de Guarulhos e Brasília são exemplos de sucesso destas medidas.

Durante as próximas semanas o Ministério da Aviação irá terminar uma série de estudos sobre o Aeroporto Internacional Salgado Filho. Juntamente com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) estão sendo avaliadas formas de reestruturação do aeroporto.

Além do Aeroporto Internacional Salgado Filho, outros terminais da Região Sul, Norte e Nordeste entrarão na lista de concessões.

Processos de concessões dos aeroportos brasileiros

Desde que teve início, o processo de concessões dos aeroportos brasileiros tem como objetivo fortalecer investimentos através da iniciativa privada. Com a privatização não é necessário abrir processos de licitações para qualquer mudança em infraestrutura, por exemplo.

De acordo com dados do Ministério da Aviação Civil, a partir dos processos de privatização dos aeroportos nacionais os investimentos tiveram um aumento significativo assim como, as administrações tornaram – se mais ágeis.

O Ministério da Aviação Civil informa que quando ocorrem processos licitatórios 51% das ações dos aeroportos são entregues à inciativa, ficando com a Infraero o restante das ações (49%). Hoje em dia, são cinco terminais concedidos, todos na região Sudeste e Centro – Oeste.

Os três primeiros aeroportos concedidos à iniciativa privada foram os de Guarulhos (São Paulo), Viracopos (Campinas) e Juscelino Kubitschek (Brasília). O leilão destes terminais ocorreu durante fevereiro de 2012 na Bolsa de Valores de São Paulo.

Segundo a lei, todos os aeroportos brasileiros que foram leiloados à iniciativa privada ficarão por vinte anos sob administração das concessionárias.

Aeroporto Internacional Salgado FilhoApós este período os terminais passarão ao controle absoluto da Infraero e caberá a ela decidir de abre novo leilão.

Ainda durante o ano de 2013 ocorreu uma segunda fase de concessões. Neste momento foram entregues a privados os aeroportos Antonio Carlos Jobim (Rio de Janeiro) e Tancredo Neves (Minas Gerais).

Leave a Reply

Spam protection by WP Captcha-Free